domingo, 10 de junho de 2012

Pará figura entre os piores no Ensino Médio

Os dados sobre a evolução da educação no país, incluindo tanto a rede pública quanto as escolas particulares, foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep) com base nas informações do Censo Escolar 2011.

Os dados sobre o rendimento dos estudantes é dividido em quatro categorias: taxa de aprovação, taxa de reprovação, taxa de abandono e taxa de não-resposta (TNR), composta matrículas que não se encaixam nas outras categorias por falta de informação nas escolas.

O Pará registrou 12,4% de reprovação no Ensino Médio, sendo que 17,4% deste total foram reprovados na 4ª série. O maior índice de reprovação de alunos do Ensino Médio no Estado acontece nas escolas municipais, ou 33,4% do total. A discrepância dos dados quando comparadas as taxas de reprovação das escolas públicas e das instituições particulares também é discrepante: no ensino público foram 13,1% de alunos reprovados na faixa, enquanto que nas escolas particulares este índice é de 4,6%.

No Ensino Fundamental a taxa de reprovação foi de 10,9%, sendo que o maior índice é registrado no 6º ano, um total de 16,2%. Mais uma vez a diferença entre as taxas de reprovação das escolas públicas e privadas é grande: 11,5% contra 3,2%, respectivamente. Diferentemente do Ensino Médio, o pior índice para os estudos fundamentais é percebido nas escolas estaduais, com 15,8% do total.

Curiosamente a taxa de reprovação no Ensino Fundamental entre as escolas rurais e urbanas é semelhante: 10,9%. Já no Ensino Médio, as escolas rurais apresentam uma ligeira predominância, com 12,5% de reprovação contra 10,6% na área urbana. (DOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário